domingo, 10 de outubro de 2010

A Poesia Como A Minha Vida É...

"Faz escuro mas eu canto
porque a manhã vai chegar..."
(trecho do poema "Madrugada Camponesa", de Thiago de Mello)

Não me perguntem o porquê da escuridão; ela não tem importância quando se sabe o motivo para cantar. Canto porque - se claro ou escuro - tenho em Quem confiar!
"Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã." (Salmos 30:5b)

Nenhum comentário: